“Mapa do site” é a expressão pela qual são conhecidas as páginas que listam as páginas de um site, ou as páginas principais das principais seções, geralmente dispostas de maneira hierárquica. Representa visualmente a arquitetura de informações com as suas subordinações internas.

Utilizado com outros elementos de apoio à navegação, como ferramentas de busca ou listas de links relacionados, ajuda o usuário a localizar informações, bem como a visualizar a localização de cada área em relação à estrutura geral.

Quando publicado em modo texto, em HTML, facilita também a localização das páginas do site pelos buscadores, o que é especialmente importante quando estas publicam arquivos em Flash ou menus com JavaScript.

Para evidenciar a relação hierárquica entre as áreas de informações, o mapa do site enfatiza a importância das páginas iniciais de cada uma das áreas e facilita a visualização das subordinações.

Exemplo de mapa do site

No exemplo acima, a titulação das áreas principais e o recuo no alinhamento ajudam o usuário a ver rapidamente os assuntos principais e como se definem as camadas de informações.

Estudo de Jakob Nielsen aponta que os mapas do site não são muito utilizados. De um grupo de usuários testados, apenas 7% procuraram o mapa quando solicitados a aprender a estrutura do site. No entanto, 67% o fizeram quando solicitados a achar a página com uma lista de todas as partes do site.

Pesquisa global sobre os hábitos de usuários de programas leitores de tela por pessoas com deficiência visual reforça os dados acima: apenas 8% dos usuários pesquisados procuram o mapa do site, enquanto 10% o procuram com alguma frequência e 26% algumas vezes. (1)

Como a arquitetura da informação de modo geral, o mapa do site não reflete obrigatoriamente o valor das informações para cada usuário, mas reflete um consenso sobre o modo como estas se organizam, baseado em modelos mentais genéricos.

Mapa do site

No site acima, que não tem mais este layout mas mantém a funcionalidade, ao se passar o mouse sobre os links do mapa, pode-se ler informações adicionais sobre o conteúdo das páginas.

A sinalização visual clara entre títulos, itens e subitens ajuda os usuários a entender a subordinação entre os assuntos

Esta é uma solução original, que se preocupa especialmente em se manter fiel à ideia de criar uma analogia visual com o conteúdo do site,  a obra de Pablo Picasso.

(Atualizado em 30.5.2010)