A navegação, o layout e a capacidade de processamento dos equipamentos variam de usuário para usuário, e de acordo com as circuntâncias do acesso (em casa, no trabalho, no café, em um ponto de acesso gratuito, por computador pessoal, dispositivo móvel).

O desenho das páginas e os recursos tecnológicos utilizados na interface devem se adaptar a estas variações.

Configurações do usuário que afetam a visualização e o uso das interfaces web:

Tamanho e resolução da tela digital

Navegadores (browsers) utilizados

Segundo a Cartilha de Usabilidade do Governo Eletrônico, a forma que as pessoas navegam um sítio é, quase sempre diferente do que se imagina ao projetá-las. As pessoas:

Exploram páginas. Não leem atentamente e sequencialmente o conteúdo antes de passar a outra. A visualização é feita aos saltos, de forma aleatória, visando encontrar algo semelhante ao que buscam.

Não buscam a melhor alternativa, buscam um objetivo, independente do caminho. Quando aprendem um caminho que as leve a seu objetivo, vão repeti-lo outras vezes, mesmo não sendo o caminho mais adequado. Aprender o caminho correto é mais trabalhoso (e menos divertido) que adivinhar um caminho qualquer.

Não buscam saber como as coisas funcionam. São raras as pessoas que leem o manual de algum equipamento eletrônico. Não importa saber como as coisas funcionam desde que possam ser utilizadas. As pessoas preferem supor como funciona um sitio, um serviço, baseado em seu saber anterior.

Querem qualidade e credibilidade. A qualidade e credibilidade do conteúdo é o mais importante para o cidadão. Se o conteúdo está defasado, as notícias são antigas e não há um canal de contato ativo com os responsáveis a tendência é o abandono do sítio por outros similares (no caso de conteúdo) ou por meios alternativos (no caso de serviços).

Seguem a intuição. A informação é lida de forma fragmentada e até onde o indivíduo entenda que “já sabe” como o sítio funciona. Pessoas gostam de “seguir sua intuição”.

Querem ter o controle. Estar no controle do que ocorre no sítio é importante para o cidadão. Situações onde ele não tenha o controle ou não tenha o retorno adequado das usas ações são extremamente desagradáveis.

Seja qual for a configuração tecnológica do dispositivo ou programa de acesso, o usuário gosta de controlar a navegação entre as páginas (e na maioria das vezes nem entra no site pela página Principal).

Por isto, é importante manter a identidade visual (logotipo – identificação da organização –, cores, tipologias) consistente em todas as páginas.

(Atualizado em 2.8.2012)

 

Referências

Cartilha de usabilidade – e-Gov (acesso em 2.11.2010)