Mashups resultam da combinação de diversas tecnologias da web 2.0 existentes, como XML, serviços web (web services), RSS, AJAX, para criar novos aplicativos ou fontes de dados que estendam a funcionalidade das tecnologias originais. Basicamente usam estes recursos para promover a interação entre serviços/APIs e provedores de conteúdo
Mashups combinam dados de diversas fontes para criar aplicativos web integrados. Para fazer um mash up com diferentes fontes de dados, é importante escolher um ou mais aplicativos Empresas como a Amazon.com oferecem serviços que liberam o acesso aos seus grandes bancos de dados para que outras empresas desenvolvam seus próprios aplicativos de comércio eletrônico. A Amazon.com oferece o Amazon E-commerce Service. Blogger, del.icio.us, Flickr, Google (com APIs para serviços como Google Calendar, Google Maps, Google Search) são exemplos de outros sites que oferecem APIs O desenvolvimento de muitas soluções são abertas pelos seus desenvolvedores para que outros estendam as suas funcionalidades Exemplos de mashups:

Weather Bonk (serviços do Google, da NASA, do Yahoo!, da Microsoft e de outras empresas, para compor um único serviço sobre o clima em todos os países do mundo)

Weather Bonk Babelplex Google AJAX Bilingual Search (busca bilíngue na web com APIs do Google e da Wikipedia em AJAX)

Weather Bonk BBC News Maps (combina APIs do Google e da BBC News)

Diversas ferramentas estão sendo desenvolvidas para facilitar o desenvolvimento por profissionais não especializados na programação de aplicativos web:

Weather Bonk Em fevereiro de 2007, a IBM lançou o QEDWiki, solução para elaboração de mashups no mercado corporativo e em outubro o IBM Mashup Starter Kit

Weather Bonk Em outubro de 2007, a Microsoft lançou a suíte Popfly para a criação de mashups

Weather BonkA Serena Software lançou o Mashup Composer, ambiente online que permite a seus parceiros desenvolver, vender e comprar mashups para pequenos projetos que não exijam pessoal de tecnologia da informação dedicado