Os testes do layout e da funcionalidade da interface em diversas resoluções verificam sua consistência em diversos dispositivos, diversas configurações de hardware e software (ver também Tamanho e resolução da tela digital).

Em computadores, o uso de programas no ambiente desktop considera o tamanho de monitores a partir de 15′, com resoluções de tela de 768 x 1024 ou maior. No entanto, se consideramos os diversos dispositivos de acesso à web, as larguras de tela variam de 200 pixels (em celulares) a 2000 ou mais pixels.

A medida do conjunto constituído por textos, imagens e elementos funcionais não necessariamente deve acompanhar a largura da janela do browser, mas levá-la em consideração para se manter estruturado.

Ou seja, a interface deve ficar compreensível e usável em cada uma destas configurações (embora legível com mais clareza em resoluções de uso mais comum pelos usuários prioritários).

Na medida em que os monitores e as resoluções de tela aumentam, a medida das colunas de textos não deve se adaptar simplesmente a estes limites: a legibilidade de linhas muito longas e a estruturação de elementos gráficos fica prejudicada quando os blocos de textos acompanham mecanicamente a configuração-padrão de monitores muito largos.

É importante por isto avaliar não só que tipo de conteúdo deve ser disponibilizado para cada dispositivo como seu modo de estruturação para cada resolução.

Atividades relacionadas

Adaptar o tamanho das fontes a configurações que tragam conforto visual para cada usuário:

Algumas pessoas usam fontes de tela maiores do que o padrão, devido a problemas de visão. Outras mudam os tamanhos das fontes simplesmente porque usam monitores de alta resolução, em que as fontes de muitos site s ficam muito pequenas e ilegíveis.

Por outro lado, há usuários que preferem a leitura de textos com fontes pequenas. É importante que cada usuário possa ajustar o tamanho das fontes do site no browser. Para isto, os tamanhos de todos os textos da interface devem ficar dimensionáveis em escala apropriada (nos estilos CSS, o uso de marcações de texto baseadas em ems ou % torna os textos mais facilmente configuráveis pelos usuários).

Testar a interface em dispositivos com várias resoluções configuráveis no ambiente de desenvolvimento.

Para resoluções maiores do que as dos dispositivos disponíveis, pode ser feita uma simulação em dispositivos móveis no Opera, com a ferramenta de zoom (não é muito precisa, mas ao menos os erros mais grosseiros ficam visíveis).

Testar a interface em diversos dispositivos móveis, com baixas resoluções.

Usar a propriedade do CSS2 ‘max-width’ para limitar a largura máxima da janela do site.

(Atualizado em 10.4.2009)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *